Jacopo Biondi Santi

História de uma vitivinicultura de excelência

Jacopo Biondi Santi e seus filhos estão empenhados em continuar no coração da Maremma a história de vinho italiano de qualidade, transmitindo-as às novas gerações.
[title_subtitle title_type=”h3″ align=”center” font_transform=”uppercase” add_subtitle=”use_subtitle” add_toptitle=”use_toptitle” title=”História de uma vitivinicultura de excelência” toptitle=”Jacopo Biondi Santi” css=”.vc_custom_1608551374835{padding-right: 7% !important;padding-left: 7% !important;}”]

Jacopo Biondi Santi e seus filhos estão empenhados em continuar no coração da Maremma a história de vinho italiano de qualidade, transmitindo-as às novas gerações.

[/title_subtitle]

A

família Biondi Santi conquistou seu lugar na tradição do vinho italiano graças à inventividade que a distinguiu desde o início. As raízes desta brilhante aventura remontam ao século XIX, quando Ferruccio Biondi Santi (1850-1917) plantou a primeira vinha em Montalcino com videiras de um clone selecionado de Sangiovese, chamado Sangiovese Grosso ou Brunello: foi o primeiro passo para uma nova maneira de fazer vinho que logo entraria na história do vinho italiano.

M

ovido pela mesma curiosidade e espírito de inovação, seu filho Tancredi Biondi Santi (1893-1970) foi um dos primeiros promotores da criação da disciplina, relativa ao DOCG, assim como pai do costume particular de erguer as antigas Reservas. Já o neto Franco Biondi Santi (1921-2013), ao longo dos 43 anos de administração da empresa, trabalhou arduamente – conseguindo fazê-lo – para elevar a marca Biondi Santi a um ponto de referência no mundo como a excelência do artesanato italiano de vinhos. Um extraordinário patrimônio enológico, fruto de mais de um século e meio de história e coletado pelo filho de Franco, Jacopo Biondi Santi que, no rastro traçado pelo espírito de empreendimento de seus antepassados, foi capaz de dar vida a novas tradições com vinhos de estilo contemporâneo.

A

família Biondi Santi conquistou seu lugar na tradição do vinho italiano graças à inventividade que a distinguiu desde o início. As raízes desta brilhante aventura remontam ao século XIX, quando Ferruccio Biondi Santi (1850-1917) plantou a primeira vinha em Montalcino com videiras de um clone selecionado de Sangiovese, chamado Sangiovese Grosso ou Brunello: foi o primeiro passo para uma nova maneira de fazer vinho que logo entraria na história do vinho italiano.

M

ovido pela mesma curiosidade e espírito de inovação, seu filho Tancredi Biondi Santi (1893-1970) foi um dos primeiros promotores da criação da disciplina, relativa ao DOCG, assim como pai do costume particular de erguer as antigas Reservas. Já o neto Franco Biondi Santi (1921-2013), ao longo dos 43 anos de administração da empresa, trabalhou arduamente – conseguindo fazê-lo – para elevar a marca Biondi Santi a um ponto de referência no mundo como a excelência do artesanato italiano de vinhos. Um extraordinário patrimônio enológico, fruto de mais de um século e meio de história e coletado pelo filho de Franco, Jacopo Biondi Santi que, no rastro traçado pelo espírito de empreendimento de seus antepassados, foi capaz de dar vida a novas tradições com vinhos de estilo contemporâneo.

P

ara concretizar sua corajosa e moderna visão, Jacopo escolheu Castello di Montepò, no coração da Maremma toscana. Aqui, com a mesma determinação da fortaleza medieval que permaneceu impregnada por séculos, Jacopo cultiva o Sangiovese rosso BBS 11, patrimônio exclusivo da família, juntamente com variedades internacionais com as quais ele cria etiquetas que expressam a individualidade vigorosa de um homem determinado a construir o futuro de sua família, tornando-a ainda mais brilhante do que no passado. Um trabalho intenso onde convergem experiência, intuição e rigor enológico, e no qual Jacopo é apoiado diariamente por seus filhos Tancredi, Clemente e Clio.

P

ara concretizar sua corajosa e moderna visão, Jacopo escolheu Castello di Montepò, no coração da Maremma toscana. Aqui, com a mesma determinação da fortaleza medieval que permaneceu impregnada por séculos, Jacopo cultiva o Sangiovese rosso BBS 11, patrimônio exclusivo da família, juntamente com variedades internacionais com as quais ele cria etiquetas que expressam a individualidade vigorosa de um homem determinado a construir o futuro de sua família, tornando-a ainda mais brilhante do que no passado. Um trabalho intenso onde convergem experiência, intuição e rigor enológico, e no qual Jacopo é apoiado diariamente por seus filhos Tancredi, Clemente e Clio.

[title_subtitle add_topline=”use_topline” add_bottomline=”use_bottomline” align=”center” font_transform=”uppercase” add_subtitle=”use_subtitle” add_toptitle=”use_toptitle” title=”A FAMÍLIA SANTI NO 1700…” toptitle=”LEIA MAIS” css=”.vc_custom_1579702931563{margin-bottom: 0px !important;padding-top: 10% !important;padding-right: 10% !important;padding-bottom: 10% !important;padding-left: 10% !important;background: #f1f1f1 url(https://castellodimontepo.it/wp-content/uploads/2017/08/transparent-leaves.png?id=1307) !important;background-position: center !important;background-repeat: no-repeat !important;background-size: contain !important;}” el_class=”gg-force-background-top”]

Giorgio Santi, um antepassado da família Santi, que, graças à sua pesquisa de campo, já no século XVIII atestava as qualidades da Maremma.

LEIA MAIS

[/title_subtitle]

[title_subtitle add_topline=”use_topline” add_bottomline=”use_bottomline” align=”center” font_transform=”uppercase” add_subtitle=”use_subtitle” add_toptitle=”use_toptitle” title=”A FAMÍLIA SANTI NO 1700…” toptitle=”LEIA MAIS” css=”.vc_custom_1579702931563{margin-bottom: 0px !important;padding-top: 10% !important;padding-right: 10% !important;padding-bottom: 10% !important;padding-left: 10% !important;background: #f1f1f1 url(https://castellodimontepo.it/wp-content/uploads/2017/08/transparent-leaves.png?id=1307) !important;background-position: center !important;background-repeat: no-repeat !important;background-size: contain !important;}” el_class=”gg-force-background-top”]

Giorgio Santi, um antepassado da família Santi, que, graças à sua pesquisa de campo, já no século XVIII atestava as qualidades da Maremma. .

LEIA MAIS

[/title_subtitle]

[title_subtitle title_type=”h2″ align=”center” font_transform=”uppercase” add_subtitle=”use_subtitle” add_toptitle=”use_toptitle” title=”A FAMÍLIA” toptitle=”Biondi Santi” css=”.vc_custom_1606991283101{padding-right: 7% !important;padding-left: 7% !important;}”][/title_subtitle]
[title_subtitle add_subtitle=”use_subtitle” add_toptitle=”use_toptitle” title=”A HISTÓRIA DO VINHO” toptitle=”CASTELLO DI MONTEPÒ”]

Jacopo Biondi Santi soube explorar o grande potencial do território do Castello di Montepò historicamente adequado para a produção de uvas de excelência.

[/title_subtitle]

[featured_image featured_box_style=”overlay” featured_box_text_align=”center” image=”2027″ featured_title=”A VITICULTURA” featured_desc=”A viticultura em Castello di Montepò” featured_link=”url:https%3A%2F%2Fwww.castellodimontepo.it%2Fla-tenuta-e-i-vigneti%2Fla-viticoltura-ecostenibile%2F%3Flang%3Dpt-pt|title:La%20viticoltura%20ecostenibile||”][featured_image featured_box_style=”overlay” featured_hover_style=”inverse_hover_style” featured_box_text_align=”center” image=”2026″ featured_title=”A Natureza” featured_desc=”A natureza da Maremma, civilização da videira e do vinho” featured_link=”url:https%3A%2F%2Fwww.castellodimontepo.it%2Fla-natura-della-maremma%2F%3Flang%3Dpt-pt|title:La%20Natura%20della%20Maremma||”]
[featured_image featured_box_style=”overlay” featured_hover_style=”inverse_hover_style” featured_box_text_align=”center” image=”2025″ featured_title=”O Sangiovese” featured_desc=”Sangiovese e Biondi Santi na Toscana” featured_link=”url:https%3A%2F%2Fwww.castellodimontepo.it%2Fla-storia-del-vino%2F%3Flang%3Dpt-pt|title:Jacopo%20Biondi%20Santi.%20Una%20Storia%20di%20vino.||”][featured_image featured_box_style=”overlay” featured_hover_style=”inverse_hover_style” featured_box_text_align=”center” image=”2396″ featured_title=”Os vinhos” featured_desc=”Uma excelência da vinificação italian” featured_link=”url:https%3A%2F%2Fwww.castellodimontepo.it%2Fvinhos%2F%3Flang%3Dpt-pt|title:La%20collezione%20dei%20vini||”]
[title_subtitle align=”center” add_subtitle=”use_subtitle” add_toptitle=”use_toptitle” title=”A HISTÓRIA DO VINHO” toptitle=”CASTELLO DI MONTEPÒ”]

Jacopo Biondi Santi soube explorar o grande potencial do território do Castello di Montepò historicamente adequado para a produção de uvas de excelência.

[/title_subtitle]

Siga-nos no Instagram

LEIA MAIS

Na virada dos séculos XVIII e XIX, Giorgio Santi foi um dos mais importantes estudiosos e exploradores do solo toscano. Ele nasceu em Pienza em 1746, formou-se em Medicina em Siena e estudou na França. Ao regressar à Toscana foi nomeado pelo Grão-Duque Pietro Leopoldo professor de Ciências Naturais e Química, da Universidade de Pisa. Depois tornou-se diretor do Museu de História Natural e prefeito do Jardim Botânico.
Em escritos de 1806, que reúnem a crônica das suas viagens pela Toscana, Giorgio Santi já atestava a riqueza naturalista do território de Scanzano e do Castello di Montepò, lançando as raízes de uma nobreza enológica legitimada por sólidos fundamentos científicos que, no seculo XIX, encontrariam em Ferruccio Biondi Santi sua expressão máxima. Mas, é graças ao empenho e à vontade de Jacopo que, hoje, o latifúndio e o Castello di Montepò constituem uma propriedade única, absoluta e de grande valor familiar.

Castello di Montepò – Jacopo Biondi Santi